Freguesia Macinhata do Vouga

Avisos e Editais

Edital


04-03-2022

Edital nº2 - Relatório Direito de Oposição

Ver mais...

Edital


21-02-2022

Edital nº1 - Conservação, tratamento com remoção de ramada e exploração de oliveiras

Ver mais...

Últimas Notícias

Macinhata do Vouga pertence desde ontem à rede "Aldeias de Portugal"

Macinhata do Vouga pertence desde ontem à rede "Aldeias de Portugal"


17-MAR-2022

 Aldeias do território de intervenção da ADICES são “Aldeias de Portugal”5 Aldeias do território de intervenção da ADICES, integram desde ontem a rede de “Aldeias de Portugal” certificadas pela Associação de Turismo de Aldeia (ATA), Macinhata do Vouga em Águeda, Oliveira do Conde em Carregal do Sal, Marmeleira em Mortágua, Couto do Mosteiro em Santa Comba Dão, e Jueus em Tondela. A atribuição deste galardão finaliza um processo de candidatura participado por toda a comunidade e resultado das práticas que a comunidade identificou como a sua matriz. Mais do que o final de um processo, esta certificação é o início de um projeto de envolvimento e valorização das nossas comunidades de pertença, de que as nossas aldeias são um exemplo para todos. Na cerimónia de entrega dos galardões, que decorreu na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) estiveram presentes representantes dos municípios e comunidades certificadas, numa demonstração da importância deste momento.Depois da realização, a 9 de março, do fórum “Aldeias de Portugal, da Memória ao Futuro”, onde mais de 200 pessoas se juntaram presencialmente e online, com o propósito de consertar uma estratégia comum para o futuro das Aldeias de Portugal, ontem, 16 de março, foi a vez da conferência com o mesmo titulo na BTL. Cerca de uma centena de pessoas, juntaram-se para conhecer as conclusões deste Fórum, bem como para ouvir testemunhos de intervenientes (de autarcas a habitantes, passando por dirigentes associativos e empresários, jornalistas e especialistas em marketing territorial) sobre o nosso futuro co-construído em comunidade de que as nossas Aldeias são guardiãs.Nos próximos meses serão dinamizadas no seio destas comunidades diversas iniciativas de animação e promoção das aldeias e dos seus produtos turísticos, sustentadas na genuinidade e nas experiências vividas na ruralidade do nosso território. O projeto “Aldeias de Portugal” – Consolidação e Replicação Nacional tem como missão reforçar o tecido demográfico das regiões mais isoladas, promovendo as aldeias e capacitando a sua comunidade, valorizar o património cultural dos territórios e consolidar a rede “Aldeias de Portugal” alargando a sua representatividade a todo o território nacional.Esta iniciativa realiza-se no âmbito do Projeto de Cooperação "Aldeias de Portugal – Consolidação e Replicação Nacional", financiada pela Medida -10.3 LEADER- «Atividades de cooperação dos GAL» do Programa de Desenvolvimento Rural 2020, e é uma parceria com os GAL A2S, ADD, ADDLAP, ADICES, ADRACES, ADRIMAG, ADRIMINHO, APRODER, AVEIRO NORTE, AVEIRO SUL, COIMBRA MAIS FUTURO, CORANE, DESTEQUE, DOURO SUPERIOR e IN LOCO e pela ADRITEM, líder desta parceria.

Ver mais...
Recolha de bens para a Ucrânia

Recolha de bens para a Ucrânia


03-MAR-2022

Caros Macinhatenses,A Junta de Freguesia associa-se à Câmara Municipal de Águeda e à Associação dos Ucranianos de Portugal (AUP) - Águeda, para a recolha de bens materiais essenciais para minorar o sofrimento daqueles que são vítimas desta guerra.Lista de bens necessários:Bens para Crianças- Fraldas de todos os tamanhos- Toalhitas- Pomadas muda fraldas- Leite infantil- Leite bebé em pó- Papas para qualquer idade- Champô- Gel de banho- Creme de corpoBens para AdultosHigiene pessoal- Gel de Banho- Sabonetes- Pasta dos dentes- Pensos higiénicosMercearia- Arroz- Massas- Massas rápidas- Enlatados- Bolachas- Barras energéticas- Cereais- Açúcar- Azeite e óleo- Leite- Leite em pó- Água- SumosOutros bens- Cobertores- Edredons- Luvas homem- Meias quentes, tamanho 40 a 45- Joelheiras- Velas- Fósforos- Isqueiros- Pastilhas purificadorasPrimeiros Socorros- Compressas- Gazes- Ligaduras- Pensos rápidos- Bandas penso- Adesivos- Betadine- Álcool- Água oxigenada- Soro fisiológico- Torniquetes- Máscaras- LuvasMedicamentos- Paracetamol- Ibuprofeno- Antibióticos- Pomadas para queimaduras- Pomadas anti-inflamatórias- Gazes gordas- Medicamentos para diarreiaA entrega de bens materiais deve ser efetuada até ao próximo dia 4 de março, nas Instalações da Junta de Freguesia. Esses bens de primeira necessidade serão enviados para a Ucrânia, num primeiro carregamento, por via terrestre no dia 7 de março.Os bens entregues após o dia 5 de março serão enviados num carregamento seguinte.Pede-se especial atenção às regras de embalagem e acondicionamento dos mesmos. Estes bens de primeira necessidade deverão estar intactos, dentro do prazo de validade, e deverão ser entregues na Junta, preferencialmente, em caixas, separados por item. (ex: caixa só com arroz, caixa só com fraldas, caixa só com medicamentos, etc).

Ver mais...
Alojamento e Emprego para Refugiados da Ucrânia

Alojamento e Emprego para Refugiados da Ucrânia


03-MAR-2022

A Junta de Freguesia de Macinhata do Vouga, em parceria com a Câmara Municipal e a Associação dos Ucranianos de Portugal (AUP), solicita que, se tem conhecimento de alojamentos na sua área de residência com disponibilidade para efetuar o acolhimento de refugiados, ou de empresas que possam empregar estas pessoas, dirija-se à secretaria da Junta de Freguesia para efetuarmos o registo.Em alternativa, poderá enviar e informação para o email secretaria@macinhatadovouga.pt com o nome do alojamento ou empresa, morada e contacto do proprietário.

Ver mais...
Dia Internacional da Proteção Civil

Dia Internacional da Proteção Civil


01-MAR-2022

1 DE MARÇO DE 2022DIA DA PROTEÇÃO CIVILO Dia Internacional da Proteção Civil, instituído pela Organização Internacional de Proteção Civil (International Civil Defence Organization – ICDO), é celebrado anualmente a 1 de março, data em que entrou em vigor a Constituição da mencionada organização.Em Portugal, na sequência do Despacho n.º 6915/2008, 21 de fevereiro, foi instituído o Dia da Proteção Civil, a comemorar, anualmente, no dia 1 de março.Em Portugal e no mundo, a comemoração da data tem como propósito sensibilizar os vários países para a importância da proteção civil; prestar tributo a todos os agentes de proteção civil e promover a reflexão e o diálogo em torno dos riscos a que territórios e populações estão sujeitos; e o papel que cabe a cada um de nós, cidadãos, no esforço coletivo de criação de comunidades resilientes a catástrofes.Desde então, a referida data vem sendo assinalada, a nível nacional e distrital, com diversos eventos realizados, sobretudo, pelos vários agentes de proteção civil, bem como pelos municípios, com o propósito de promover a reflexão alargada dos valores que devem enformar esta área de atuação, envolvendo toda a comunidade e cidadãos.Cabe à Organização Internacional de Proteção Civil a escolha do tema que serve de mote às comemorações. O tema do Dia Internacional da Proteção Civil deste ano é o seguinte “CIVIL DEFENCE AND MANAGEMENT OF DISPLACED POPULATIONS IN FACE OF DISASTERS AND CRISES; ROLE OF VOLUNTEERS AND THE FIGHT AGAINST PANDEMICS”.O tema vem sublinhar o importante papel do voluntariado na área da Proteção Civil.1 de março é o Dia da Proteção Civil.TODOS SOMOS PROTEÇÃO CIVIL!

Ver mais...
Atualização da Validade de Cartões de Aplicadores de Produtos Fitofarmacêuticos

Atualização da Validade de Cartões de Aplicadores de Produtos Fitofarmacêuticos


14-FEV-2022

Às pessoas que à data de 16/03/2013 tinham mais de 65 anos e que concretizaram prova de conhecimento para Aplicador de Produtos Fitofarmacêuticos, damos a conhecer o seguinte: "De acordo com a Lei nº 26/2013, de 11 de abril, o prazo de validade inicialmente atribuído para o Cartão de Aplicador de Produtos Fitofarmacêuticos era de 5 (cinco) anos o qual, por posterior atualização do diploma legislativo, passou para 10 (dez) anos mediante pedido/requerimento do interessado para o efeito. Por forma a que o aplicador não tenha de se submeter a nova prova de conhecimentos, os interessados deverão apresentar requerimento com o intuito de se proceder à atualização da validade dos seus cartões por mais um período de 5 anos. Contudo, para que tal seja possível, os interessados têm de obrigatoriamente o requererem em data anterior à data de validade do cartão, ou seja, o cartão não pode estar (já) caducado!"Quem tiver nestas condições, pode levantar o requerimento na sede da Junta de Freguesia de Macinhata do Vouga, durante o horário de expediente.

Ver mais...

Agenda de Eventos

Mensagem do Presidente

Links Úteis

© 2022 Freguesia Macinhata do Vouga. Todos os direitos reservados | Termos e Condições